Sobre a AT

O que fazemos

A Academia da Trama (AT) fornece um investimento para histórias em seu estágio inicial para virarem grandes negócios. Esse investimento inicial é apenas o primeiro estágio dos investimentos que os projetos terão ao longo de sua vida. Ele paga suas despesas enquanto você está começando.

 

Na Academia da Trama, nosso objetivo é ajudá-lo na primeira fase do seu projeto. Isso geralmente significa: você chegará ao ponto em que construiu uma história impressionante o suficiente para apresentar a você investidores para produzir a sua história ou eventuais compradores.

Mais do que dinheiro

Fazemos pequenos investimentos em troca de pequenas participações nos projetos que investimos. Veja as regras aqui. No mercado brasileiro nenhum investidor fornece, neste estágio inicial, dinheiro e ajuda. No nosso caso, o dinheiro é de longe o componente de menor relevância. De fato, muitos projetos que investiremos não precisarão do dinheiro. Pensamos no dinheiro que investimos mais como ajuda financeira para que possam pagar suas despesas de vida enquanto o programa da Academia da Trama está acontecendo.

 

Veja uma lista dos benefícios e recursos disponíveis para os fundadores da AT aqui.

 

O que acontece na Academia da Trama? A coisa mais importante que faremos será trabalhar as ideias dos idealizadores. Nós somos experts em Storytelling e passamos muito tempo tentando descobrir como criar histórias que as pessoas amem. Portanto, geralmente conseguimos enxergar rapidamente a direção que uma pequena ideia pode ser levada (até se tornar uma história grandiosa), ou enxergamos quando alguma história que parece grandiosa, na verdade é vaga.

 

As perguntas nesse estágio de vida dos projetos poderão variar desde coisas simples como:

“Como devo chamar o meu projeto?”, até perguntas assustadoramente ambiciosas como:  “Como montamos um plano de longo prazo para expansão mundial de uma franquia no estilo Star Wars?”. Ao longo de 03 meses, conseguiremos ajudar os idealizadores a encontrar respostas iniciais para todas essas perguntas.

 

A segunda coisa mais importante que faremos é ajudar os idealizadores a lidar com investidores e compradores. Sim, poderemos te aprensetá-los, mas essa parte é a mais fácil. Passaremos muito mais tempo ensinando aos idealizadores como apresentar seus projetos aos investidores e como fechar um acordo depois que eles gerarem interesse. Forneceremos não apenas conselhos, mas também proteção. É provável que os investidores em potencial o tratem bem se você vier da AT, porque a forma como eles tratam vocês, determinará se, no futuro, direcionaremos os negócios para eles ou para longe deles.

 

Também direcionaremos os idealizadores que escolhermos a abrirem e gerenciarem adequadamente suas empresas, com toda a documentação legal e societária necessária, evitando bombas-relógio legais que podem causar sérios aborrecimentos e atrasos mais tarde. Apresentaremos idealizadores a advogados que geralmente concordam em adiar o pagamento por trabalho legal. Ajudaremos regularmente os projetos a encontrar e contratar seus primeiros parceiros ou funcionários. Podemos ajudar com questões de propriedade intelectual. Uma das coisas menos divulgadas que faremos, por razões óbvias, será mediar brigas entre idealizadores. Nenhum projeto começa com idealizares acreditando que vão precisar disso, mas a maioria precisa em algum momento. O tipo de conselho que daremos literalmente não poderá ser comprado.

O formato

Duas vezes por ano, investiremos uma pequena quantia em um determinado número de projetos.

Para se inscrever na Academia da Trama, basta preencher um formulário de inscrição. Convidaremos os grupos de idealizadores mais promissores a nos encontrar pessoalmente e tomaremos a decisão de investimento imediatamente após a conversa.

 

A maioria dos idealizadores em cada projeto que investimos (e sempre o Roteirista) deverá se mudar para Hollywood durante o período inicial de 03 meses. Durante esses meses, os idealizadores participam de reuniões consultivas:

 

  • Reuniões de Evolução do grupo a cada duas semanas (obrigatória) e;

  • Reuniões de Consultorias Individuais com parceiros e especialistas (sempre que necessário).

 

Durante o programa, organizamos um jantar semanal na Academia da Trama e, a cada jantar, convidamos um especialista em algum aspecto das produções de cinema para falar. Normalmente, os palestrantes incluem idealizadores de filmes e peças, investidores de risco, diretores, jornalistas e executivos de empresas de streamings. Os palestrantes geralmente acabam aconselhando ou investindo em projetos que encontram nos jantares.

 

Cerca de dez semanas depois, realizaremos o Pitch your Story Day, onde todas os projetos podem apresentar seus produtos e serviços a um público especialmente selecionado de investidores e imprensa.

 

A Academia da Trama pode ser ocasionalmente descrito como um “campo de aceleração”, mas isso não é realmente preciso. Provavelmente seremos vistos assim por que investiremos em muitos projetos do cinema, e a maioria precisa mudar para Hollywood para poder participar. Mas as similaridades acabam aí. A atmosfera é o oposto disso.

 

O investimento nos projetos em forma de “programas” funcionará melhor para todos. Será mais eficiente para nós e melhor para os projetos, que provavelmente acabarão se ajudando pelo menos tanto quanto nós as ajudaremos.

 

Como investiremos em um número grande de projetos, a Academia da Trama terá uma enorme rede de alunos (e em breve de ex-alunos) e existirá um forte espírito de ajudar colegas idealizadores que participam da AT. Portanto, seja qual for o seu problema, se você precisar de pessoas para testarem e criticarem sua história, ou precisar de um lugar para ficar em outra cidade, ou de conselhos sobre como criar diálogos, ou uma conexão com um diretor de fotografia específico, há uma boa chance de alguém na rede ajudá-lo.

Nossa Filosofia

Achamos que os idealizadores são mais produtivos quando podem passar a maior parte do tempo mergulhados a fundo no projeto. Nosso objetivo é criar um ambiente no qual você possa se concentrar exclusivamente na criação de histórias e na conversa com possíveis audiências. Saberemos que conseguimos criar um bom ambiente, quando muitos idealizadores nos disserem que as primeiras doze semanas da Academia da Trama foram o período mais produtivo de suas vidas.

 

Tentaremos interferir o mínimo possível nos projetos que investiremos. Não assumiremos papeis executivos ou muitos dos outros poderes que os investidores às vezes exigem para interferir nas decisões do dia a dia (ou seja, ninguém do nosso time assumirá papel de produtores executivos, diretores ou roteiristas). Ofereceremos muitos conselhos, mas não poderemos forçar ninguém a aceitá-lo. Sabemos que a independência é uma das razões pelas quais as pessoas desejam iniciar seus próprios projetos em primeiro lugar. E, francamente, é também uma das razões pelas quais os projetos normalmente são bem-sucedidos. Os investidores que tentarem controlar os projetos que investem frequentemente acabam destruindo-os.

 

Por que somos tão flexíveis? Nosso objetivo é ser a fonte preferida de investimento inicial para os projetos de cinema e ter que fazer o que é certo por todos. Todos os bons idealizadores se conhecem.  Portanto, se os grupos que investimos sentirem que estão fazendo um mau acordo, ninguém vai querer investimento de nós no futuro. E os investidores em estágio posterior (especialmente os “Venture Capitalists”) também tendem a se conhecer, por isso, se os projetos que investimos acabarem sendo fracassados de alguma forma, ninguém vai querer investir nelas no futuro.